Dicas ecológicas importantes para curtir a Orla de Palmas

“Como preservar a beleza do Lago?”, “Como manter a areia da Orla limpinha?”, ou mais além, “Por que realmente pensar nisto agora?”. 


O projeto Eu Curto a Orla acredita que a conscientização dos hábitos de turistas e moradores deve ser efetivada o mais breve possível para manter a exuberância da Orla de Palmas. Pois só assim será possível garantir que todos curtam plenamente este belíssimo cartão-postal. 


Como é de pensamento mútuo, o cuidado com a ecologia afeta diretamente o Lago e a extensão da Orla de Palmas. E para isto estão dispostas estas dicas ecológicas abaixo. Um guia prático de dicas para manter a beleza natural da Orla ao curti-la.


EVITE O USO DO PLÁSTICO


Viver e banir totalmente o uso do plástico atualmente é difícil. 


Até por que este mesmo material revolucionou o mundo a partir dos anos 50 e até então é feito para nada mais, nada menos do que durar. Só que na época este foi justamente um problema que ninguém pensou! E hoje estes resíduos, que contribuem significativamente com a poluição dos recursos hídricos e prejudicam a fauna, preocupam pelo seu período imensurável de decomposição.  Por isto:


Ao invés de preferir um copo plástico que leva cerca de 50 anos para se decompor, é possível optar pelo uso de canecas. 


Mais ainda: vai praticar exercício físico na Orla? Tenha à disposição seu próprio squeeze e assim, reduza a quantidade de lixo gerado, já que será desnecessário comprar desenfreadamente garrafinhas de água.


Procure abolir os canudos descartáveis. Este item usado entre 10 a 15 minutos é facilmente ingerido por animais marinhos. E neste ponto vale lembrar que boa parte dos pescados que vão à mesa dos freqüentadores da Orla derivam do Lago. Uma vez que estes mesmos canudos tendem a diluir-se em micro-plásticos e são consequentemente engolidos pelos peixes, por uma mera questão de cadeia alimentar, o ideal é evitar seu uso de modo a também preservar a própria saúde humana. 


Para casos realmente inevitáveis, considere arrumar um canudo de bambu ou metal. Mas lembre-se: não limite-se só ao corte do canudo, ok? A quantidade de lixo gerado na Orla como um todo deve ser repensada.


***Você sabia que Inclusive determinados tipos de garrafas plásticas quando expostos a altas temperaturas liberam substâncias tóxicas? Em pleno calor de Palmas, nem sempre o plástico pode ser o seu melhor amigo, não é mesmo? E se não houver jeito mesmo, por que pelo menos não visar pelo plástico reutilizável?


ATENÇÃO AOS COMPONENTES QUÍMICOS DOS COSMÉTICOS


Parabenos, petrolatos, sulfatos e silicones, estes são alguns dos ingredientes mais usados pela indústria de cosméticos e que são nocivos ao meio ambiente. Isto vale para cremes e óleos corporais, incluindo os protetores solares. Atentar-se portanto as certificações ou comparar com as propriedades de produtos artesanais fazem total diferença no aspecto futuro das águas do Lago. 


SEPARE E RECICLE OS MATERIAIS GERADOS


Uma ecobag reserva é indispensável. Dependendo da sua impermeabilidade, os itens que não serão de nova utilidade a você podem ser devidamente descartados em pontos de coleta adequados. 


***Você sabia que segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), só no catalogo de peixes Comerciais do Lago da Usina Hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães estão catalogadas cerca de 39 espécies nativas?


Repense conosco novas formas de cuidar da paisagem que enche de orgulho os palmenses!  Vamos cuidar e curtir a Orla de Palmas? Aproveite para se inscrever na NewsLetter do projeto Eu Curto a Orla e seguir as nossas redes sociais.


Últimos posts

Guia da Orla 2019

Garanta o seu Guia da Orla 2019 para curtir suas férias em grande estilo

Não se preocupe. Nós não enviamos spam

WhatsApp Eu a Orla

Mande um no WhatsApp (63) 99104-5568 e saiba tudo o que rola na Orla

ENVIAR MENSAGEM

Não se preocupe. Nós não enviamos spam